A misteriosa figura de João Batista, apresentada nas leituras da semana passada, é mais nitidamente focalizada neste domingo. Compreende-se melhor quem ele é — como vemos no Evangelho de hoje —, tomando em consideração o que ele não é.

Ele não é Elias que voltou dos céus (ver 2 Reis 2:11), embora se vista, como ele, com roupas de profeta (ver Marcos 1: 6; 2 Reis 1: 8) e pregue arrependimento e julgamento (ver 1 Reis 18:21; 2 Crônicas 21: 12-15).

Não sendo Elias na carne, João é no entanto enviado no espírito e poder de Elias para cumprir sua missão (ver Lucas 1:17; Malaquias 3: 23–24).

Não foi João o profeta predito por Moisés, embora seja parente [de Cristo] e pregue a palavra de Deus (ver Deuteronômio 18: 15-19; João 6:14). Nem é João o Messias, embora tenha sido ungido pelo Espírito desde o ventre de sua mãe (ver Lucas 1:15, 44).

João prepara o caminho para o Senhor (ver Isaías 40: 3). O batismo que ele realiza é simbólico, não sacramental. Trata-se de um sinal para conduzir os corações ao arrependimento.

João mostra-nos Aquele sobre quem o Espírito permanece (ver João 1:32), Aquele que cumpre a promessa que ouvimos na Primeira Leitura de hoje (ver Lucas 4: 16-21). O batismo de regeneração oferecido por Jesus, através do Espírito Santo, abre uma fonte que purifica Israel e dá a todos um novo coração e um novo Espírito (ver Zacarias 13: 1-3; Ezequiel 36: 24-27; Marcos 1: 8; Tito 3: 5 )

João vem até nós, nas leituras do Advento, para nos mostrar a luz, e para que possamos crer naquele está vindo no Natal. Como cantamos no salmo de hoje, o Poderoso veio para erguer cada um de nós e saciar nossa fome com o pão do céu (ver João 6:33, 49–51).

Paulo exorta, na Epístola de hoje, que devemos nos alegrar, agradecer e rezar ininterruptamente para que Deus nos torne perfeitamente santos em espírito, alma e corpo — para que estejamos irrepreensíveis quando nosso Senhor vier.

https://stpaulcenter.com/audio/sunday-bible-reflections/one-who-is-coming-scott-hahn-reflects-on-the-third-sunday-of-advent/