O bispo americano Thomas Tobin, da diocese de Providence (capital do estado norte-americano de Rhode Island), fez o seguinte comentário às declarações do Papa sobre união civil ou o “casamento” entre homossexuais:

“O aparente apoio do Santo Padre ao reconhecimento das uniões civis para casais do mesmo sexo precisa ser esclarecido. A declaração do Papa contradiz explicitamente o que tem sido o antigo ensinamento da Igreja sobre as uniões do mesmo sexo. A Igreja não pode apoiar a aceitação de relacionamentos objetivamente imorais. Indivíduos com atração pelo mesmo sexo são filhos amados de Deus e devem ter seus direitos humanos pessoais e civis reconhecidos e protegidos por lei. Contudo, a legalização de suas uniões civis, que buscam simular o sagrado matrimônio, não é admissível.”

https://dioceseofprovidence.org/news/statement-of-bishop-thomas-tobin-on-the-comments-of-pope-francis-regarding-civil-unions