Steele

[Primeira parte da entrevista sobre a ligação entre pedofilia, rituais satânicos e altos círculos do poder globalista, realizada pela jornalista italiana Benedetta Frigerio junto a Robert David Steele, consultor chefe da Comissão Judicial de Inquérito sobre Tráfico de Seres Humanos e Abuso Sexual de Crianças, ex-oficial da Marinha americana e ex-membro da CIA].

Steele, há quanto tempo trabalha para a CIA e o que descobriu durante os anos de seu trabalho com pedofilia?

Trabalhei para a CIA, no escritório de operações clandestinas, de 1979 a 1988, mas só descobri a verdadeira extensão da pedofilia quando fui convidado a me tornar Comissário e Conselheiro Chefe da Comissão Judicial de Inquérito sobre Tráfico de Pessoas e Abuso Sexual de Crianças. Foi quando explodiu o escândalo da “PizzaGate”, ocasião em que dei meu apoio ao livro Pedophilia & Empire: Satan, Sodomy, & the Deep State [Pedofilia e Império: Satanás, sodomia e o “Estado subterrâneo”], para o qual escrevi o prefácio e cujo título foi sugerido por mim).

Agora, no Ocidente, há frequentes prisões (centenas delas) relacionadas ao abuso de milhares de crianças. Em muitos desses casos, a imprensa não dedica mais que algumas poucas linhas a notícias de tamanha importância. Mas não só isto: os processos legais são frequentemente interrompidos. As evidências desaparecem ou são acobertadas e, normalmente, investigadores e juízes são removidos. Por quê?

Depois de anos estudando o fenômeno, agora estou convencido de que a pedofilia é a maneira pela qual o Deep State (Estado Subterrâneo, Estado dentro do Estado) atrai personagens chaves e vai mantendo o poder. A “armadilha da pedofilia” [vídeo que retrata personalidades conhecidas junto com crianças] é usada principalmente pelo Mossad, mas também por muitas outras redes de inteligência (o escândalo de Epstein é apenas a ponta do iceberg). Há operações, usando essa chantagem, em cada região e Estado do mundo. Além disso, existem muitos policiais, juízes, promotores, chefes de polícia, editores e grandes empresas, todos corruptos ou chantageados, sabendo que se violarem o silêncio sobre a pedofilia, também poderão ser mortos.

O silêncio da mídia é tal que ninguém se pergunta onde são recrutados esses milhares de crianças. Você pode nos contar algo sobre isso?

A melhor estimativa diz que cerca de oito milhões de crianças por ano são “recrutadas” em todo o mundo, com uma expectativa de vida, para cada criança abusada, de cerca de dois anos. Enquanto muitas crianças desaparecem porque simplesmente fogem de casa, em média a maioria das que desaparecem acaba nas redes de pedofilia, para depois serem torturadas e finalmente mortas, com seu sangue bebido e seus órgãos comidos, como se ficou sabendo pelos depoimentos prestados à Comissão (podem ser vistos aqui).

O que as vítimas dizem? Pode explicar o que os pedófilos fazem às crianças e se as ligações com o satanismo são uma maneira de obter poder?

Reunimos testemunhos (aqui há um exemplo) de algumas vítimas que falam desse vínculo entre pedofilia e satanismo. Na Itália, foi denunciado precisamente no livro Fuggita da satana. La mia lotta per scappare dall’inferno (“Escapei de Satanás. Minha luta para me ver livre do inferno”, 167 p., editora Piemme, 2007) e por Don Fortunato Di Noto (padre italiano conhecido por sua luta contra a pedofilia), embora a maioria das informações venha de fontes secundárias. Deve-se dizer que há uma diferença entre pedófilos que abusam de crianças por conta própria e aqueles para quem a pedofilia é uma atitude adquirida, um rito de passagem para as altas e exclusivas esferas do Deep State. A pedofilia também está intimamente associada à sodomia, que é um aspecto particular da Maçonaria e das sociedades secretas. A perversão parece ser considerada um privilégio ligado à posição e inclui os assim chamados Abusos do Rito Satânicos (Satanic Ritual Abuse, SRA). O Deep State é absolutamente satânico, luciferino e está ligado à sinagoga de satanás.

Também são silenciadas as notícias sobre o crescente desaparecimento de menores no mundo. O fenômeno pode ser relacionado com o aumento da pedofilia? As crianças podem ser sequestradas de famílias “normais” ou é mais provável virem de famílias em situação problemática?

São três as proveniências das crianças. A mais comum é aquela em que são compradas antes mesmo de terem sido registradas, após o nascimento, visando sua comercialização. A segunda é a de crianças recrutadas a partir do fluxo migratório. Recentemente, descobrimos (em uma conversa com um oficial do Departamento de Segurança Nacional) que alguns agentes desse departamento mantinham crianças sob custódia, na fronteira sul, para vendê-las a pedófilos e assim melhorar o próprio salário. A terceira são crianças a pedido, que se dividem em filhos de pais degenerados (que os vendem a cada hora a pedófilos) e crianças sequestradas após serem selecionadas em catálogos. Entre as crianças mais caras, há as que são sequestradas de famílias “perfeitas” em todo o mundo, as quais não têm a menor ideia de que seus filhos foram fotografados, colocados num catálogo e depois vendidos.

https://lanuovabq.it/it/pedofilia-un-culto-satanico-diffuso-nei-centri-di-potere