Chamada dos apóstolos

[Nos Estados Unidos, diferentemente do Brasil, não se celebra hoje a solenidade de São Pedro e São Paulo, mas o 13º Domingo do Tempo Comum].

A liturgia desta semana continua a nos instruir sobre o verdadeiro discipulado. Somos informados de que mesmo os mais humildes, dentre nós, desempenham um papel na missão que Cristo propõe à Sua Igreja.

Não somos todos chamados ao ministério dos apóstolos, ou para sermos profetas, como Eliseu na Primeira Leitura de hoje. No entanto, cada um de nós é chamado a uma vida santa (ver 2 Timóteo 1: 9; 1 Tessalonicenses 4: 3).

No batismo, nossas vidas foram unidas para sempre à cruz de Cristo, como Paulo nos diz na Epístola de hoje. Batizados em Sua morte, devemos renunciar ao pecado e viver por Deus, em Cristo Jesus.

Devemos segui-Lo, cada um de nós assumindo a sua cruz pessoal, como diz Jesus no evangelho de hoje (Mateus 10, 37–42). Isso não significa que todos seremos convidados a padecer a morte dos mártires. Cada um de nós, porém, é chamado à abnegação, à oferta da própria vida ao serviço do plano de Deus.

Jesus deve ser elevado ao primeiro lugar em nossas vidas, acima até de nossos mais próximos laços de parentesco e amor. Pelo batismo, passamos a fazer parte de uma nova família: o Reino de Deus, que é a Igreja. Devemos proclamar esse Reino com nossas vidas, conduzindo nossos pais e nossas mães, e todos os homens, e todas mulheres, a viver como crianças sob a paternidade de Deus e a realeza do Santíssimo.

Como fazer isto? Abrindo nossos corações e nossas casas ao serviço do Senhor, seguindo o exemplo da mulher sunamita, na Primeira Leitura de hoje. Como Jesus nos diz, devemos acolher os demais — não apenas os profetas, mas também as crianças, os pobres e os encarcerados — como se recebêssemos o próprio Cristo (ver Mateus 18: 5; 25: 31–46).

Como cantamos no Salmo de hoje, devemos ser testemunhas de Seus favores e Sua bondade em nossas vidas, apoiando-nos firmemente na promessa de que, se morremos com Cristo, iremos viver; se perdermos nossas vidas por Ele, encontraremos nossa recompensa e caminharemos eternamente diante de Sua face.

https://stpaulcenter.com/audio/sunday-bible-reflections/to-find-our-lives-scott-hahn-reflects-on-the-thirteenth-sunday-in-ordinary-time/