[Umberto Saba, 1883-1956, é um dos grandes poetas italianos do século XX, ao lado de Ungaretti, Montale, Quasimodo. Converteu-se ao catolicismo nos últimos anos de vida, junto com a esposa doente.]

saba

POEMA AO MENINO JESUS

Caiu a noite
E brilha o cometa
Que indicou o caminho.
Estou diante de Ti, Santo Menino!

Tu, Rei do universo,
Ensinaste-nos
Que todas as criaturas são iguais:
O que as distingue é apenas a bondade,
Tesouro imenso,
Concedido ao pobre como ao rico.

Jesus, faz que eu seja bom
E em minha alma só haja doçura.
Faz que o teu dom
Cresça em mim a cada dia
E eu possa difundi-lo à minha volta
Em Teu nome.

*

A GESÙ BAMBINO

La notte è scesa
e brilla la cometa
che ha segnato il cammino.
Sono davanti a Te, Santo Bambino!

Tu, Re dell’universo,
ci hai insegnato
che tutte le creature sono uguali,
che le distingue solo la bontà,
tesoro immenso,
dato al povero e al ricco.

Gesù, fa’ ch’io sia buono,
che in cuore non abbia che dolcezza.
Fa’ che il tuo dono
s’accresca in me ogni giorno
e intorno lo diffonda,
nel Tuo nome.