greta1

Trecho de artigo do jornalista espanhol Carlos Esteban, do Infovaticana, sobre uma declaração do cardeal Josef De Kesel, da Bélgica:

“Entrevistado pelo órgão on-line da Conferência Episcopal belga — CathoBel —, o cardeal-arcebispo de Bruxelas Josef De Kesel, nomeado por Papa Francisco, destaca como o aspecto mais positivo para o ano que começa o fato dos jovens se manifestarem pela proteção do planeta. (…) É impressionante que a primeira coisa destacada pelo arcebispo mais importante de uma das nações mais punidas pela debandada dos católicos, a Bélgica, seja uma questão que pode ser a de qualquer político ou mesmo qualquer celebridade, nada tendo a ver com sua missão de pastor, responsável pelas almas de seu rebanho.”

El primado belga considera la lucha por el planeta lo más positivo de 2019