adoration

A Lauda para a Natividade do Senhor, do compositor italiano Ottorino Respighi (1879-1936), para solistas, coral, instrumentos pastorais e piano a quatro mãos, foi concluída em 1930.

É uma cantata de Natal. Está dividida em quatro partes, ligadas entre si, finalizando com uma coda. Foi escrita para um soprano lírico (o anjo), um mezzo-soprano (Maria), um tenor (um pastor), um coro misto (de anjos e pastores) e um grupo instrumental muito sóbrio (flautim, duas flautas, oboé, trompa inglesa, fagotes, triângulo, piano a quatro mãos).

O texto — uma mistura de latim e italiano com influências dialetais — é uma seleção das 47 estrofes da Lauda pro Nativitate Domini, atribuída ao poeta franciscano Jacopone da Todi (1230-1306).