Jesus_no_deserto

Às vezes, caminhamos como Cristo e tantos outros Santos, no deserto. Nossa vida se mostra árida, ressecada, empoeirada, sem cor, difícil, desesperada.

O pó em nossas vidas muitas vezes se torna pesado, insuportável  e nos leva à queda: doença, tristeza, morte, desemprego, falência, abandono, destruição da família, dívidas, pobreza, rebeldia dos filhos e tantas outras situações que nos jogam por terra, nos aniquilam material e espiritualmente. Temos a sensação de que estamos perdidos na vida, abandonados por todos, inclusive por Deus. Parece que não temos alternativas e estamos presos no mais fundo e escuro abismo.

O desespero nos levará a perguntar: o quê farei? Como sairei deste imenso buraco em que a vida me jogou? As lágrimas de desespero correrão por nossos rostos. Pois é aí, neste momento desesperador que poderemos nos retirar por alguns momentos do próprio mundo e na maior solidão e profundidade do nosso ser, encontrar um caminho.

Quarenta dias peregrinou Jesus Cristo pelo deserto. Foi tentado, passou fome e sede. Mas mesmo privado de tudo não cedeu às tentações do demônio. A tudo resistiu e saiu do deserto cheio de forças, renovado pelo Espírito Santo. Na sequência, no templo em  Nazaré, escolheu a passagem de Isaias para ler:

O espírito do Senhor está sobre mim, porque o senhor me ungiu. Ele me enviou para dar a boa notícia aos pobres, para curar os corações feridos, para proclamar a libertação dos escravos e pôr em liberdade os prisioneiros, para proclamar o ano de graças da parte do Senhor, e um dia de vingança de nosso Deus; a consolar todos os aflitos, a dar-lhes um diadema em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de vestidos de luto, cânticos de glória em lugar de desespero.” (Isaías, 61)

Lázaro estava morto há quatro dias. Jesus, que o amava, dele se compadeceu e o ressuscitou. Cegos e coxos foram curados, demônios expulsos, vidas renovadas.

Por mais fundo e escuro que seja o seu abismo, por mais dolorosa que seja a sua cruz, Jesus tem a chave para libertá-lo. Creia e renove a sua vida, assopre a poeira, saía do buraco, levante-se e comece a caminhar novamente com esperança. Jesus está em você e com você, apenas você não está percebendo ou dando importância.

Ouça e obedeça a palavra de Deus:

Vinde a Mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque Eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e meu peso é leve.“(Mateus 11:28)

Certamente a fé Vos libertará e, então poderá entoar, em júbilo:

Vós me fizestes passar por numerosas e amargas tribulações para, de novo, me fazer viver e dos abismos da terra novamente me tirar. (Salmos, 70:20)