Ouça aqui a homilia do Padre Paulo Ricardo: “Por que você não se converte hoje?”

1. PRIMEIRA LEITURA DA MISSA (Jonas 3,1-5.10)

 Quando Nínive se converteu

A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas, pela segunda vez: “Levanta-te e põe-te a caminho da grande cidade de Nínive e anuncia-lhe a mensagem que eu te vou confiar”.

Jonas pôs-se a caminho de Nínive, conforme a ordem do Senhor. Ora, Nínive era uma cidade muito grande; eram necessários três dias para ser atravessada.

Jonas entrou na cidade, percorrendo o caminho de um dia; pregava ao povo, dizendo: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída”.

Os ninivitas acreditaram em Deus; aceitaram fazer jejum, e vestiram sacos, desde o superior ao inferior.

Vendo Deus as suas obras de conversão e que os ninivitas se afastavam do mau caminho, compadeceu-se e suspendeu o mal que tinha ameaçado fazer-lhes, e não o fez.

 

2. SALMO 24

 O caminho da conversão

(Antífona): Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, vossa verdade me oriente e me conduza!

Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, e fazei-me conhecer a vossa estrada! Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação.

Recordai, Senhor meu Deus, vossa ternura e a vossa compaixão que são eternas! De mim lembrai-vos, porque sois misericórdia e sois bondade sem limites, ó Senhor!

O Senhor é piedade e retidão, e reconduz ao bom caminho os pecadores. Ele dirige os humildes na justiça, e aos pobres ele ensina o seu caminho.

 

3. SEGUNDA LEITURA DA MISSA (1ªCoríntios 7,29-31)

Este mundo que passa…

Eu digo, irmãos: o tempo está abreviado. Então que, doravante, os que têm mulher vivam como se não tivessem mulher; e os que choram, como se não chorassem, e os que estão alegres, como se não estivessem alegres; e os que fazem compras, como se não possuíssem coisa alguma; e os que usam do mundo, como se dele não estivessem gozando. Pois a figura deste mundo passa.

 

4. EVANGELHO (São Marcos 1,14-20)

Convertei-vos e crede no Evangelho

Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galileia, pregando o Evangelho de Deus e dizendo: “O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho!”

E, passando à beira do mar da Galileia, Jesus viu Simão e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores.

Jesus lhes disse: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”.

E eles, deixando imediatamente as redes, seguiram a Jesus.

Caminhando mais um pouco, viu também Tiago e João, filhos de Zebedeu. Estavam na barca, consertando as redes; e logo os chamou. Eles deixaram seu pai Zebedeu na barca com os empregados, e partiram, seguindo Jesus.

 

SEGUINDO O CAMINHO DO CRISTO (Comentário de Scott Hahn)

O chamado dos irmãos, no Evangelho de domingo, lembra a escolha de Eliseu pelo profeta Elias (v. 1Reis 19,19-21).

Assim como Elias encontra Eliseu trabalhando na roça, Jesus vê os irmãos trabalhando na beira do mar. E como Eliseu deixou sua mãe e seu pai para seguir Elias, os irmãos também deixaram seu pai para seguir Jesus.

A promessa de Jesus — de torná-los “pescadores dos homens” — lembra as esperanças mais profundas de Israel. O profeta Jeremias anunciou um novo êxodo, no qual Deus enviaria muitos “pescadores de homens” para tirar os israelitas do exílio, como já havia feito quando os salvou da escravidão do Egito (v. Jr 16,14-16).

Através da cruz e ressurreição de Jesus, este novo êxodo já começou (v. Lc 9,31). E os apóstolos são os primeiros membros do novo povo de Deus, que é a Igreja: uma família baseada não em laços de sangue, mas na fé em Cristo e no desejo de cumprir a vontade do Pai (v. Jo 1,12-13; Mt 12,46-50).

De agora em diante, até mesmo as nossas mais importantes preocupações mundanas — relacionamentos familiares, obrigações cotidianas, bens — devem ser julgadas à luz do Evangelho, como diz São Paulo na epístola deste domingo.

A primeira palavra do Evangelho de Jesus — arrependei-vos — significa que devemos mudar totalmente a nossa maneira de pensar e de viver, deixando as obras más e tudo fazendo por amor a Deus.

Devíamos nos sentir consolados pelo arrependimento de Nínive, relatado na primeira leitura desta semana. Mesmo os ninivitas malvados puderam se arrepender com a pregação de Jonas. E em Jesus temos alguém maior do que Jonas (v. Mt 12,41).

Nós temos Deus, que veio como nosso Salvador para mostrar aos pecadores o caminho, como cantamos no Salmo dominical. Isso deve nos dar a esperança de que os amados de Deus, que estão longe Dele, terão compaixão se se voltarem para Ele.

Mas nós também devemos avançar no caminho do arrependimento — lutando todos os dias para moldar nossas vidas conforme o modelo de Cristo.

https://stpaulcenter.com/following-him-scott-hahn-reflects-on-the-third-sunday-in-ordinary-time/

https://stpaulcenter.com/siguiendolo-a-el-scott-hahn-reflexiona-sobre-el-3o-domingo-de-tiempo-ordinario/

Para ouvir a homilia do Padre Paulo Ricardo, “Por que você não se converte hoje?”, clicar aqui